Livro Jaboticabal 180 anos em fotos

Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008

Minha Participação no Livro Jaboticabal 180 anos em fotos feito em 2008 pelo ZéMario em parceria com o foto clube Olho Vivo.

Em 2008, mais precisamente em dezembro foi lançado livro Jaboticabal 180 anos em fotos, idealizado pelo já consagrado fotógrafo ZéMario e editado pelo Harley Bergo em parceria com o finado foto clube Olho Vivo (sim, já tivemos um foto clube por aqui) nessa época eu ainda engatinhava em minha fotografia, utilizava a câmera do Harley Bergo pois não tinha condições de comprar minha própria câmera nova, até hoje não tenho, todas as câmeras que comprei já tinham um bom tempo de uso por outros profissionais.

Página do livro Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008 Página do livro Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008 Página do livro Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008 Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008

O organizou todo o projeto e poderia ter feito sozinho, mas decidiu por dividir a missão com os fotógrafos do foto clube. Eu tinha acabado de conhecer o pessoal que na época organizava vários passeios fotográficos e exposições, em uma destas exposições o Harley me perguntou se eu gostaria de participar pois minhas fotos eram legais e o pessoal gostaria de vê-las expostas, eu, menino de sítio achei tudo aquilo incrível e aceitei sem nem pestanejar, recebi alguns elogios, algumas críticas, no geral o pessoal do foto clube gostou bastante e comecei a ser convidado para os passeios e reuniões do grupo.

Página do livro Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008 Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008 Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008 Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008

Em uma dessas reuniões o zé anunciou sua ideia e nos disse que gostaria muito da nossa participação, em outra reunião foram divididas as pautas por sorteio, eu fiquei com as pautas ir e vir e aprender. Imagine que eu não sabia o que fazer, minha experiência era pouca e o desafio era muito grande para um garoto nascido no Zagalo e criado em sítios, mas topei a parada pensando que seria uma grande oportunidade para aprender, tal como uma das minhas pautas.

Entre idas e vindas pelas escolas que poderia fotografar para o tema, descobri a tal burocracia e fui barrado em muitas escolas do município, mas fui muito bem acolhido em pelo menos duas e dali consegui tirar a minha parte do trabalho,  nessas mesmas idas e vindas aproveitei para registrar pessoas caminhando, placas, setas no chão e facilmente consegui realizar as fotografias da segunda pauta.

Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008 Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008 Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008 Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008Página do livro de fotografias Jaboticabal 180 anos em fotos, feito em 2008

 

A ideia de aprendizado se concretizou, terminei minha tarefa melhor fotografo do que comecei, com muita ajuda e conselhos do grande Zé, aprendi que fotografia não pode ser usada apenas para aparecer ou arrumar namoradas, mas sim, que toda foto que eu fizesse, bem ou mal, acabaria por se tornar um documento histórico e hoje 7 anos depois tenho plena noção da história que fizemos em Jaboticabal com esse livro e gostaria de agradecê-lo por sua generosidade ao incluir um jovem inexperiente em uma das coisas mais legais que fiz na vida…

Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.